...
 
InícioInício  PortalPortal  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Jardim

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Belle L. Constantine
Diretor de Hogwarts
Diretor de Hogwarts
avatar

Mensagens : 400
Galeões : 6030
Reputação no mundo Bruxo : 102
Data de inscrição : 28/11/2014
Localização : Atrás de você........

+ Perfil Bruxo
Clã Bruxo:
Casa: Lufa-Lufa
Ano escolar: Completo

MensagemAssunto: Jardim   Qua Jul 15, 2015 2:46 pm



Jardim
(Mansão Constantine/ Area externa)



Aguarde pacientemente a descrição u.u (IMAGEM TEMPORÁRIA)


Voltar ao Topo Ir em baixo
Natally Lenox Constantine
Diretor da Sonserina
Diretor da Sonserina
avatar

Mensagens : 63
Galeões : 4515
Reputação no mundo Bruxo : 102
Data de inscrição : 02/06/2015
Localização : ✤ Secret

+ Perfil Bruxo
Clã Bruxo:
Casa: Sonserina
Ano escolar: Completo

MensagemAssunto: Re: Jardim   Ter Out 20, 2015 8:38 pm

SERA?!





É tão bom quando você acorda se sentindo bem, se levanta espreguiçando abre a janela e vê um lindo jardim com borboletas voando... era exatamente o oposto de como eu havia acordado. Quer dizer o dia estava lindo, mas eu não estava me sentindo bem, nada bem. Nem tive tempo de me espreguiçar pois logo que me levantei corri para o banheiro onde como as pessoas dizem coloquei tudo pra fora (por cima, em palavras menos delicadas vomitei ate não conseguir mais). Achei que poderia ser algo que comi ou oque não comi pois já havia algumas semanas que não me alimentava direito pois não tinha apetite. Vesti um vestido bem leve, e desci para a cozinha onde tomei um copo d'agua com açúcar. Comi uma fruta e bebi um copo de leite e então resolvi ir respirar um pouco de ar. Fui andar pelo jardim um pouco, pra pensar na vida ou apenas tentando arranjar uma desculpa para não sei oque. Enquanto caminhava varias coisas se passaram por minha cabeça. A noite com Damon voltou a minha cabeça dei um leve sorriso ao me lembrar, mais logo me lembrei de que ele não respondia minhas cartas, eu não queria acreditar que Belle estava certa quando disse que ele só queria curtir mas era oque parecia pois depois daquela noite ele havia tomado um chá de sumiço. Já fazia dois meses e meio, duas semanas e três dias que havia acontecido e sim eu estava contando. Enfim, logo que uma coisa se passou por minha cabeça parei de andar bem no meio do jardim. -Não pode ser! -murmurei preocupada. -Belle me mata! - andei até debaixo de uma grande arvore onde tinha uma balança de madeira daquelas dos filmes de romance. Me sentei enquanto pensava nas possibilidades e todas levava ao mesmo lugar. -Ho não meu Merlin! -falei olhando para cima enquanto meus olhos se enchiam de lagrimas. -Nãao... não pode ser - claro, eu devia ter sido mais cuidadosa e mais inteligente.






Voltar ao Topo Ir em baixo
Damon S. Brauner
Adultos
Adultos
avatar

Mensagens : 22
Galeões : 4352
Reputação no mundo Bruxo : 100
Data de inscrição : 12/06/2015

+ Perfil Bruxo
Clã Bruxo:
Casa: Corvinal
Ano escolar: Completo

MensagemAssunto: Re: Jardim   Qua Out 21, 2015 4:57 pm

Jardim

DAMON S.
Brauner
surprise
Estava decidido, e já não tinha como desistir. Bem, o fato era que depois daquela noite com Natally, não tinha mais falado com ela, e não seria eu o primeiro a falar. Antigamente eu não me importaria com isso, assim como se fosse outra mulher eu não daria importancia... Mas Natally tinha mexido demais comigo; Depois dela, todas com quem dormi já não valiam a mesma coisa, não conseguiam fazer eu esquecer dela. O que tinha mudado, afinal? O que Natally tinha que as outras não? Talvez, seu jeito meigo e ao mesmo tempo sedutor tenha me pegado desprevinido. O fato era que eu não achava explicação razoável para aquilo. E talvez a decisão que tinha tomado era séria demais, mas eu me sentia bem confiante com aquilo. Claro, minha mãe e amigos mais próximos ficaram sabendo o que eu ia fazer, e se viraram contra mim; Mas eles não sentiam o que eu sentiam, nunca iriam entender.

E foi por essa minha escolha que agora estava lá, caminhando para o castelo Constantine. Usava um terno arrumado, meu cabelo estava alinhado, a barba recém-feita. A perfeita imagem de um cavalheiro moderno; E além disso, carregava um grande buque de rosas vermelhas na mão. Logo após entrar nos portões de ferro da entrada, me deparo com minha loira sentada num balanço de árvore, sozinha, e comum ar solitário. Estava meio distante e de costas para mim, o que era bom, assim a surpreenderia. Vou me aproximando silenciosamente, coração batendo cada vez mais rápido, e escondo o buque nas costas quando já estou bem próximo. Pigarreio, anunciando minha chegada, e ela se vira - Marie... Bom te rever. - Sorrio, e com a mão livre, seco algumas lágrimas dela que caiam - Por favor, não chore... Seu sorriso é mais bonito que suas lágrimas. - Ah, ela ficava perfeita de qualquer jeito, mas nada se comparava ao seu jeito de sorrir.


Olho em volta, observando a paisagem: Estávamos debaixo de uma grande árvore que proporcionava uma sombra refrescante, e flores enfeitavam a grama nas mais variadas cores, além de haver várias roseiras bem cuidadas perto. Isso tudo sem mencionar a vista para o lago, de tirar o fôlego - Lugar lindo esse. Porém, seria melhor uma companhia, não? - Sorrio assim que ela me encara, e a analiso dos pés a cabeça - Bela como sempre, Marie... - Preciso de muita força de vontade para não a beijar agora, mas me controlo bem, forçando meu cérebro a se lembrar do que estava fazendo ali - Hm... Você não me parece bem... Que aconteceu? - Ouço atentamente enquanto ela diz que tinha passado mal e balanço a cabeça - Que péssimo... Está se sentindo melhor agora? - Pergunto e a encaro, enquanto ela responde. Um curto silêncio se instala, até que volto a falar, me concentrando nas palavras - Olha, sei que andei sumido ultimamente, me desculpe... É que não queria dar o braço a torcer, mas... - Fecho os olhos e inspiro profundamente, escolhendo as palavras ideais - Sua falta está me fazendo muito mal. - O tom de minha voz sai baixo, cauteloso, e mesmo sem eu querer, sedutor. Era quase um dom, e confesso, não me importava de possui-lo: Me ajudava muito em momentos como aquele. Tiro as flores de trás das costas e a encaro, observando sua reação - Estou perdoado? - Sorrio para ela, torcendo para que sua resposta seja positiva.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Natally Lenox Constantine
Diretor da Sonserina
Diretor da Sonserina
avatar

Mensagens : 63
Galeões : 4515
Reputação no mundo Bruxo : 102
Data de inscrição : 02/06/2015
Localização : ✤ Secret

+ Perfil Bruxo
Clã Bruxo:
Casa: Sonserina
Ano escolar: Completo

MensagemAssunto: Re: Jardim   Qua Out 21, 2015 6:56 pm

DAMON!





"Sera mesmo?!" ainda pensava. Eu não conseguia mesmo tirar aquilo da minha cabeça. Todas as peças estavam se encaixando e lavava a um único resultado. " O pior é que tudo indica oque eu não quero, quer dizer oque eu não posso!" pensei "Dois meses de atraso no calendário menstrual, já é a segunda vez que passo mal, engordei sem ta comendo muito, quer dizer quase nada eu só posso estar gravida!" pensava sozinha enquanto lagrimas escorriam pelo meu rosto "Isso não pode acontecer!" pensei enquanto meus olhos azuis marejavam. "Eu preciso falar com o Damon, Damon, ai o meu Damon!" pensei. Quase cai pra trás quando alguém pigarreia atras de mim. Me viro rapidamente e assim que me deparo com aquela pessoa, me deparo com Damon Brauner meu príncipe encantado. Observo ele, quando pisco duas lagrimas escorrem pela minha bochecha, ele diz que era bom me rever e limpa minhas lagrimas de um jeito carinhoso, ele me pede para não chorar dizendo que meu sorriso é mais bonito que as lagrimas. Ele observa o lugar por um tempo enquanto eu ainda tento entender tudo oque se passa ali. "Sera que eu falo pra ele?!" me pergunto. Ele me observa dos pés a cabeça, e que droga eu estava horrível, que pessoa que passa mal poderia estar com uma aparência descente. "Fala alguma coisa Natally!" me repreendia mais nada eu encontrava para falar. Ele não demora perceber o meu estado e logo pergunta se aconteceu algo. Nesse momento encontrei minha voz, que nem parecia ser mesmo minha voz pois saiu fina e baixo. -Eu... estou mal, quer dizer passando mal -falei, olhando pra ele -Sim, já estou melhor. -falei, minha voz mostrava que eu parecia fraca. Um silencio tortuoso cobre o local e é Damon quem o quebra ele se explica por ter ficado sumido, levanto a cabeça olhando pra ele e sinto meu coração bater mais rápido. Não consigo disfarçar quando ele diz que eu fazia falta "Ai meu Merlin, ele esta mesmo mudado!" pensei. Damon tira de trás das costas um buque de rosas vermelhas oque me deixa boquiaberta, ele pergunta se esta perdoado, fico parada olhando entre ele e as rosas. -Damon... eu -começo mais não consigo continuar apenas me levanto e começo a caminhar em direção a mansão mas não vou muito longe "Não seja burra Natally se ele fosse o Damon de antes não veria ate aqui." pensei. Me virei novamente e o vi olhando para mim enquanto engolia em seco caminhei até ele novamente. -Eu... está perdoado! -falo por fim sorrindo. Damon me entrega o buque sorrindo e depois me envolve em um abraço apertado. "Eu sabia, eu sabia que ele tinha mudado!" pensei. Logo que o abraço termina me sento no balanço novamente e aponto com a cabeça para o espaço ao meu lado. -Então oque me conta? -pergunto me esquecendo completamente daquele problema e da hipótese de estar gravida.






Voltar ao Topo Ir em baixo
Damon S. Brauner
Adultos
Adultos
avatar

Mensagens : 22
Galeões : 4352
Reputação no mundo Bruxo : 100
Data de inscrição : 12/06/2015

+ Perfil Bruxo
Clã Bruxo:
Casa: Corvinal
Ano escolar: Completo

MensagemAssunto: Re: Jardim   Sab Nov 21, 2015 8:34 am

Jardim

DAMON S.
Brauner
surprise
Por um terrível momento, cheguei a pensar que ela tinha desistido de mim, depois de eu tê-la feito esperar todo esse tempo sem dar notícias. Encaro ela, que começa a andar até a mansão, mas nem chega perto desta, pois logo de volta para mim novamente sorrindo. Passo o buque pra ela, e sem pensar duas vezes a abraço, levantando-a do chão e rindo - Que bom...- Assim que a solto, ela volta a se sentar, e fico ao seu lado no banco - Ah, nada demais...E você, algo pra contar, Marie? - Pisco, com um sorriso no rosto. Na verdade eu tinha um assunto urgente pra tratar com ela, mas precisava me preparar psicologicamente para aquilo, e queria ganhar tempo. Ela hesita, mas sorri e fala que nada de muito importante, o que me faz pensar no que ela ia falar aquela hora... Bem, afasto os pensamentos e ficamos neste silencio, ambos olhando para a paisagem sem dizer muita coisa . O que mais eu poderia dizer? Ah, sabia que eu tinha que ter uma ação - Então... Sua irmã coruja disse alguma coisa? - Rio, sabendo como Anabelle era super protetora. Ela me conta tudo, e apenas balanço a cabeça - Ela ainda acha que sou o mesmo Damon dos tempos de Hogwarts, não? - Claro, tinha errado muito já na vida, mas agora aquilo estava mudando. Depois de Soph tinha diminuído um pouco, e agora depois deNatally estava finalmente tomando jeito de vez - Vou provar para todos que mudei. - Falo a ela, sem desviar meu olhar de seus olhos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Natally Lenox Constantine
Diretor da Sonserina
Diretor da Sonserina
avatar

Mensagens : 63
Galeões : 4515
Reputação no mundo Bruxo : 102
Data de inscrição : 02/06/2015
Localização : ✤ Secret

+ Perfil Bruxo
Clã Bruxo:
Casa: Sonserina
Ano escolar: Completo

MensagemAssunto: Re: Jardim   Dom Nov 22, 2015 12:37 pm

DAMON!





Damon me diz que não tem nada a contar e me pergunta se tenho. Logo aquele problema me vem em mente me deixando tensa. "Sera que digo pra ele?!" penso comigo enquanto olho a paisagem. -Bem... tenho muitas coisas pra contar só não sei oque quer saber. -falo desviando meu olhar para ele. Termino de falar e olho para a mansão piscando os olhos por causa do sol. Damon pergunta se Belle disse algo. -Haamm... ela não disse algo mais muitas coisas. -falo, me lembrando. Minha irmã foi sempre muito protetora comigo e depois que perdi Federico no dia do casamento, ela ficou ainda mais protetora. Sorrio ao lembrar de minha irmã e de seu jeitinho de ser. -Bem, quando cheguei de manhã aquele dia, eu já havia sido descoberta.Na verdade foi ainda pior. Angie acordou e foi ao meu quarto e não me encontrou e já sabe como é, nós somos muito ligadas e eu devia estar lá, então Angie achou a carta, que você me enviou. -faço uma pausa e olho pra ele, que pede pra eu continuar -Então entregou para Belle pois estava com medo de eu não estar lá. Belle leu e... bem, ela me disse pra tomar cuidado por causa... - Damon tem no rosto uma certa seriedade -Por causa do passado. Como você era e... você sabe. -ele parece chateado ou algo do tipo. Olho novamente para a mansão sem saber oque fazer ou dizer. Damon finalmente fala alguma coisa e me pergunta se Belle ainda o acha o mesmo garoto galinha de Hogwarts -É, bem é oque ela acha. Mais ela só quer me proteger você sabe. E eu sei que você mudou. Se não tivesse mudado não estaria aqui. -falo sorrindo pra ele, porem ele não sorri. Damon diz que vai provar a todos que mudou olhando em meus olhos. Não queria magoa-lo com aquela pergunta mais precisava fazer, por mim. -E... como... como vai provar? -pergunto fitando-o







Voltar ao Topo Ir em baixo
Damon S. Brauner
Adultos
Adultos
avatar

Mensagens : 22
Galeões : 4352
Reputação no mundo Bruxo : 100
Data de inscrição : 12/06/2015

+ Perfil Bruxo
Clã Bruxo:
Casa: Corvinal
Ano escolar: Completo

MensagemAssunto: aos   Seg Nov 23, 2015 2:54 pm

Jardim

DAMON S.
Brauner
...
Sorrio diante da pergunta , a abor a boca para falar, mas paro, e penso melhor. Havia momento mais perfeito que esse para surpreendê-la? Sorrio de canto, e a encaro novamente, desta vez me levantando e segurando sua mão, e levantando junto. Penso em cada palavra duas vezes, organizando-as em minha cabeça. Sem soltar a mão dela, percebo que estava suando, mas ignoro esse detalhe, focando no que faria agora - Marie... Eu já disse que te amo? Se não, estou dizendo agora. E essa é a primeira prova. - O sorriso não sai de meus lábios, e resisto ao impulso de beijá-la ali e agora. Tinha que falar tudo o que sentia e queria primeiro. Podia receber uma resposta ruim, mas estava confiante demais já. Afasto uma mecha loira que tinha caído em seu rosto, colocando atrás de sua orelha, e volto a encará-la - Eu prometo, vou provar a todos que mudei. Acredito que pequenos atos de cada vez podem mostrar isso, mas quero dar um passo grande primeiro. - Sinto meu coração pular, e me forço a continuar sério, o sorriso dando lugar a uma expressão mais séria, mas ao mesmo tempo calma, tranquila - Não sei o motivo e não sei o porque, mas você não saiu da minha cabeça nessas últimas semanas. - Falo com toda a seriedade do mundo, repassando os dias em minha cabeça.

- Simplesmente, minha vida de diversões já não tinha mais graça. Tudo já era tão comum, tão natural pra mim... Mas então você apareceu.- Minha respiração começa a diminuir, ao ritmo que sinto meu coração se acelerando e minhas mãos tremerem de leve - Pensei que seria como sempre, nada sério. -Falo, mordendo o lábio inferior. Sim, havia outras, e não tinha mentido, só admitido meu passado - Mas... Não foi. Não consegui esquecer, Natally.- Digo seu primeiro nome, sem desviar meu olhar dos seus, mergulhando naquele azul que trazia tantas lembranças boas. Ainda parecia ser ontem quando tinha visto Natally pela primeira vez em Hogwarts, uma simples primeiranista comum da Sonserina, apenas com uma alma alegre e animada, que trazia felicidade a todos. Pois é... Quantas coisas haviam mudado - Precisei de um bom tempo, mas finalmente tomei coragem e vim aqui -Sorrio,

Respiro fundo, o coração quase saindo pela boca, mas me controlo - ou pelo menos tento - Bom, que eu te amo você agora já sabe. - Pisco para ela - Espero que sinta o mesmo por mim, ou algo parecido. - Vejo ela abrir a boca para falar, mas levo meus dedos aos lábios dela - Não. Não fale agora. Demorei pra decorar esse discurso e se você me distrair não vou conseguir terminar. - Rio, e seguro suas mãos novamente - Tá... Eu te amo. Não consigo mais te esquecer, e te acho realmente uma mulher maravilhosa. Não só fisicamente, mas seu jeito de lidar com tudo, seu otimismo... Tudo em você me fascina...- O sorriso volta a minha fase, e desta vez não some - Sei que ainda acham que sou um cara todo errado, que as vezes não vale nada, e poucos acreditam que mudei... . Sou irritante, chato, seguro demais, mas no fundo tenho medo de me apegar as pessoas e ser traído... Talvez por isso nunca tenha me apaixonado de verdade... até agora- Nesse momento, já começo a achar que estou tendo um ataque cardíaco, já que meu coração estava num ritmo acelerado fora do comum, mas sigo com as palavras normalmente - Me apaixonei por você de uma maneira que jamais seria possível uma pessoa se apaixonar por alguém, e já não consigo passar um dia sem pensar em você, e a ideia de ficar sem você já é impossível. - Enfim, tinha chegado a hora; Era tudo ou nada.

Fico em silêncio por alguns poucos segundos, e finalmente volto a falar - Natally Marie Lenox Constantine... -De dentro do bolso de meu paletó, tiro uma pequena caixinha de veludo azul, e logo me ajoelho na frente da loira, as pernas bambas de tanto nervosismo, porém permaneço calmo. Abro a pequena caixa diante dela, revelando um anel prata, com um diamante central cercado por dois diamantes menores ao lado e todo rodeado de pequenos diamantes delicados - Aceita se casar comigo?


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Natally Lenox Constantine
Diretor da Sonserina
Diretor da Sonserina
avatar

Mensagens : 63
Galeões : 4515
Reputação no mundo Bruxo : 102
Data de inscrição : 02/06/2015
Localização : ✤ Secret

+ Perfil Bruxo
Clã Bruxo:
Casa: Sonserina
Ano escolar: Completo

MensagemAssunto: Re: Jardim   Qua Nov 25, 2015 12:23 pm

SIM, DAMON CLARO QUE SIM!





Continuo olhando para Damon, enquanto ele me olha com seu olhar sensual penetrando no meu. Dam abre a boca mas logo a fecha e para minha surpresa se levanta segurando em minhas mãos. Sem saber porque sinto meu coração acelerando. Dou um sorriso quando ele diz que me ama. "Que lindo você é!" penso comigo enquanto fico olhando para ele, para seus olhos e para sua boca que eu queria beijar. Ele coloca uma mecha de meu cabelo atrás da orelha, um gesto carinhoso e fofo. Faço que sim com a cabeça enquanto ele me diz que vai provar a todos que mudou e que iria fazer isso devagar mas que precisava dar um passo grande "Merlin, oque Damon esta querendo dizer com tudo isso?!" penso não deixando de olhar nos olhos dele. Sua expressão muda e ele fica um pouco mais serio, mas continuo a fita-lo. Eu realmente estava apaixonada outra vez e esperava que dessa vez desse certo, não aguentaria se não desse. Meu coração acelera e sinto um arrepio pela espinha quando ele me diz que não conseguiu me tirar da cabeça nos últimos dias, suspiro apaixonada enquanto ele prossegue dizendo coisas que faziam eu me sentir a mulher mais importante, não deixo de sorrir quando ele diz que não conseguiu esquecer e que tudo era diferente. Era tão estranho estar ali de mãos dadas com Damon, o corvino terceiranista que adorava me encher e que vivia rodeado de garotas, o mesmo corvino que era melhor amigo de Fred mais que não conseguia esconder seu interesse por mim, o mesmo corvino que machucou tantas vezes Kath, enfim o Damon de antes que com certeza não era esse Damon que agora segurava minhas mãos que podia sentir as dele tremerem.

Meu coração me dizia onde ele queria chegar, mais por mais que quisesse confiar no amor que meu coração sentia minha mente me dizia que ainda não. Porem quando Dam diz ter demorado um tempo pra decidir fazer oque eu sentia que ele faria a seguir sinto que meu coração estava certo. -Eu tam... -começo a dizer quando ele diz que espera que eu sinta o mesmo por ele mas antes que eu termine de falar oque quero ele leva o dedo aos meus lábios e eu me calo. Sorrio quando ele diz ter decorado um discurso "Ai... ai... não acredito que é mesmo isso!" penso sorridente. Ele segura minhas mãos novamente, meu coração dispara, e sinto que já estou tremendo também, mordo meu lábio inferior enquanto ouço Damon dizer que tudo em mim o fascina "Se você soubesse como você me fascina também." seguro o nervosismo que não cabe mais dentro de mim enquanto ele fala sobre nunca ter se apaixonado até agora -Eu nunca trairia você. -falo ele sorri -Desculpa! continua- falo me lembrando de seu pedido de silencio.

"Ai como ele mudou, e que lindo." falo quando ele me diz uma coisa tão linda que faz meu coração bater ainda mais forte, e acho que ele esta a ponto de sair pela boca. Sinto minhas mãos suarem e meu corpo tremer. Quando Damon fala meu nome e se ajoelha em minha frente com a caixinha de veludo na mão sinto minhas pernas bambearem. E quando ele me faz o pedido sinto as lagrimas brotando em meus olhos como o amor por Damon que brotara em tão pouco tempo em meu coração. -E...eu - minha voz vacila. Olho para Damon, e nossos olhares se encontram -Dam eu não sei oque dizer - sinto o nervosismo de Damon se misturando com o meu. -Eu... eu acho que... -balanço a cabeça negativamente e vejo ele me olhando preocupado. -SIM! CLARO QUE SIM! ACEITO CASAR COM VOCÊ. -falo enquanto estendo a mão para ele colocar o anel tão lindo que estava na caixinha.

Levo a mão desocupada aos lábios enquanto vejo ele colocar o anel em meu dedo. Pisco e sinto as lagrimas escorregarem pelas minhas bochechas fazendo cocegas. Me esqueço de tudo neste momento, não me lembro de Belle e ninguém da família, nem mesmo de Angie. Nem de Franka mãe de Damon e nem da pequena Soph e muito menos de Kath que agora era feliz com outro, esqueço de todos os problemas e só consigo pensar nesse momento. Um dos momentos mais lindos e especiais da minha vida.

Damon se levanta e para logo em minha frente, tenho que levantar o olhar para ver seu rosto e me deparo com um sorriso lindo. Nos abraçamos e sinto todo seu carinho, ele me aperta forte enquanto o abraço continua. Damon me levanta e me roda depois que me solta no chão olho para ele com os olhos marejando -Eu te amo! -falo sorrindo enquanto acaricio seu rosto.







Voltar ao Topo Ir em baixo
Damon S. Brauner
Adultos
Adultos
avatar

Mensagens : 22
Galeões : 4352
Reputação no mundo Bruxo : 100
Data de inscrição : 12/06/2015

+ Perfil Bruxo
Clã Bruxo:
Casa: Corvinal
Ano escolar: Completo

MensagemAssunto: Re: Jardim   Sab Dez 05, 2015 5:51 pm

Jardim

DAMON S.
Brauner
...
Sorrio por fora, mas por dentro estou nervoso - Então diga que sim. - E por um momento penso que realmente ela negaria, e meu sorriso vacila. Olho preocupado para ela, mas logo em seguida meu sorriso se abre novamente depois do tão esperado sim. Nenhuma palavra sai no momento, e apenas me levanto, tiro o anel da caixa e coloco no dedo da mão esquerda dela, beijando-a em seguida e obrigando meu corpo a parar de tremer. Abraço ela forte e a levanto, rodopiando e rindo, logo parando para olhar nos olhos dela, que estavam cheios de lágrimas de felicidade - Eu amo mais. - Nunca em minha vida imaginara que conseguiria ser assim tão... Doce. Mas Natally despertava o meu melhor lado, que eu nem suspeitava que existia.

Então sentamos em baixo da árvore, eu ficando com a cabeça no colo da moça, falando sobre o casamento. Ah, tantos detalhes! Mas daria tudo certo. O pior seria a notícia para as famílias - Mas dará tudo certo. - Pisco para ela e me levanto, limpando as mãos na calça , pois era hora de ir - Aguarde corujas, talvez. - Pisco para ela, e lhe dou um último beijo, desta vez lento e duradouro, como uma promessa de que tudo se resolveria, e logo - Até logo...- E vou me afastando, os pensamentos lentamente voltando para a reação da velha Franka Braune. É, ela teria um ataque, mas se era verdade o que dizia, que queria o melhor para mim, ela não poderia reclamar de nada. Natally era a mulher certa para acabar com minha vida de farra. Quando ultrapasso o portão finalmente olho uma última vez para a mansão, e aparato para os jardins das terras dos Brauner.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Jardim   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Jardim
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Jardim de Inverno
» Jardim da mansão Kuran
» Jardim da Mansão
» Os Quadros Gêmeos (Crônica Oficial)
» conhecendo sensei de kenthu hyuuga

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Harry Potter Rpg Bruxo :: Mansão Constantine :: Área externa-
Ir para: