...
 
InícioInício  PortalPortal  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Quarto de Damon (Segundo andar)

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Belle L. Constantine
Diretor de Hogwarts
Diretor de Hogwarts
avatar

Mensagens : 400
Galeões : 6030
Reputação no mundo Bruxo : 102
Data de inscrição : 28/11/2014
Localização : Atrás de você........

+ Perfil Bruxo
Clã Bruxo:
Casa: Lufa-Lufa
Ano escolar: Completo

MensagemAssunto: Quarto de Damon (Segundo andar)   Sab Jul 18, 2015 7:40 pm

Quarto Damon Brauner
Segundo Andar
O quarto de Damon é todo em cores escuras, mas bem iluminado por uma grande janela falsa, enfeitiçada com magia para mostrar paisagens naturais. É um comodo grande, e possui uma cama que ocupa bastante espaço e é confortável. Uma das paredes é coberta por uma estante cheia de livros, logo ao lado da porta de entrada, e logo ao lado, pode-se ver uma mesa de estudos, já com um notebook trouxa. Do lado oposto, uma porta de madeira escura leva a um banheiro moderno.


Última edição por Belle L. Constantine em Qua Nov 04, 2015 8:40 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Damon S. Brauner
Adultos
Adultos
avatar

Mensagens : 22
Galeões : 4352
Reputação no mundo Bruxo : 100
Data de inscrição : 12/06/2015

+ Perfil Bruxo
Clã Bruxo:
Casa: Corvinal
Ano escolar: Completo

MensagemAssunto: Re: Quarto de Damon (Segundo andar)   Seg Ago 24, 2015 4:58 pm

Entre quatro paredes...

DAMON S.
Brauner
Rum de groselha faz efeito
Acompanhado de Natally, subo silenciosamente as escadas da grande mansão Brauner. Felizmente já era tarde, tudo estava silencioso, e provavelmente todos dormiam. Não solto a mão da loira até que chego a porta marrom escura do meu quarto, que abro com cuidado - É a prova de sons - Olho nos olhos dela por alguns segundos, e logo a deixo entrar no meu quarto organizado, sofisticado e simples. Estava iluminado pelo fogo da lareira apenas, e isso no momento era bom. Olho para a grande janela falsa na frente da cama, que mostrava paisagens naturais, e aponto minha varinha para as cortinas, fechando-as. Meus movimentos eram calmos e pacientes, mas meu corpo queria que as coisas andassem mais rápido e isso aconteceria. Ao voltar meus olhos para ela, vejo que a jovem estava sentada na beirada da cama, e preciso de muita força de vontade pra manter o controle. Com a voz baixa e sedutora, me aproximo lentamente dela - Natally? Tem certeza que quer isso...? - Meus olhos passam por ela, de cima a baixo, enquanto ela responde a minha pergunta, fazendo com que eu solte um sorriso torto - O.k. - Mordo o lábio inferior, e finalmente fico diante da moça, a encarando profundamente - Não me responsabilizo por o que acontecer - Aproximo meu rosto do dela aos poucos, passando minha mão por seu rosto, e um beijo acontece, um beijo que começa lento, mas aos poucos ganha intensidade e força. Minhas mãos passeiam por seu corpo, parando na cintura dela, e a aperto levemente - Tarde demais para desistir, Marie - Falo em meio ao beijo, já começando a perder o controle sob minhas ações. Começo a descer o beijo até o seu pescoço, e ao mesmo tempo, abro o zíper do vestido dela, voltando a dar atençao para sua boca, enquanto ela começa a desabotoar minha camisa - Eu quero você, Natally... E quero agora. - Lanço um último sorriso sedutor pra ela, e em seguida termino de tirar minha camisa.

[...]

Fiquei na friendzone durante vários anos? Sim. Poderia ter dado um jeito de pegar Natally antes? Poderia. Tinha acabado de dormir com a viúva de um dos meus melhores amigos? Obviamente. Mas aconteceu, e não me arrependia nem um pouco... Pelo contrário, a noite tinha sido maravilhosa. Marie foi incrível, e pelo modo como agiu t=durante o ato, eu não tinha ido mal -- Como sempre, bem, ninguém tinha reclamado até agora. Na manhã seguinte, acordo ao ouvir um barulho no meu quarto, e ao olhar para o lado, vejo o elfo da família me encarando com os olhos esbugalhados. Nat ainda dormia em meus braços, então apenas fiz sinal de silencio para a criatura - Ninguém deve saber disso... Agora, por favor, saia.- Ele obedeceu, e sorri, olhando para o teto do meu quarto. Segundos depois, Natally se movimenta ao meu lado e acorda, ainda meio atordoada - Devo dizer bom dia? - Sorrio, e sem perder mais tempo, beijo-a na boca - Calma, a ressaca logo passa.- Devido as boas quantidades de rum de groselha, ela parecia atordoada, e não era pra menos. Levanto da cama, e pego um frasco escondido atrás de alguns livros. Percebia que Natally me olhava, e não era pra menos, estava vestindo apenas uma cueca box, e, modéstia parte, tinha um bom físico com tudo no lugar. Entrego o frasco pra mulher - Beba, vai se sentir melhor... É uma espécie de poção-anti-ressaca- Sorrio, e me recosto na cama enquanto Nat bebe o líquido. Pego o frasco novamente, e o deixo em um canto separado - Então...Melhor, não? A sensação de tontura pode continuar um pouco, mas não vai ter dor de cabeça...- Natally pergunta as horas para mim, e aponto para o relógio de parede ao lado - Nova da manhã ainda... E é sábado - Imediatamente ela diz ter compromissos com a filha, então não a impeço quando a moça levanta correndo da cama, correndo pelo quarto pegando suas roupas. Na verdade, gostei de ver aquilo, ela só vestia as roupas íntimas, e era uma visão muito agradável. Cruzo os braços com um leve sorriso no rosto, e só me levanto quando ela diz ter pego tudo - Ah, vai agora? - Aproximo-me dela, e uso minha voz sedutora novamente - Poderíamos aproveitar mais um pouco - Ela hesita, mas por fim nega, e seguro em sua cintura, beijando-a com intensidade. Aproximo meus lábios de seu ouvido, e sussurro - Meu quarto está aberto pra você quando quiser - Afasto, e sorrio, quando por fim ela aparata para a casa dela.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Natally Lenox Constantine
Diretor da Sonserina
Diretor da Sonserina
avatar

Mensagens : 63
Galeões : 4515
Reputação no mundo Bruxo : 102
Data de inscrição : 02/06/2015
Localização : ✤ Secret

+ Perfil Bruxo
Clã Bruxo:
Casa: Sonserina
Ano escolar: Completo

MensagemAssunto: Re: Quarto de Damon (Segundo andar)   Seg Ago 24, 2015 7:57 pm

Um encontro*-*
Aguarde e verás.


Logo que chegamos a mansão Brauner,Damon avisa para entrarmos em silencio.Tiro o salto e o levo nas mãos,não deixava de sorrir pois meu corpo pedia para logo estar com Damon,logo que chegamos a porta de seu quarto percebo que ele exita em abri-la.Olho para ele,ele diz que é a prova de sons,não consigo controlar bem meus pensamentos então só penso que aquilo não poderia estar sendo melhor.Ele abre a porta,observo o quarto arrumado e organizado a cara de Damon,oque era bom,claro.O quarto estava iluminado apenas pelo fogo da lareira,pulo na cama macia dele e deito de lado de modo comportado,ele se aproxima com a voz calma e sedutora,oque me arrepia um pouco,oque era bom.Tantas vezes aquilo poderia ter acontecido,Damon sempre tentava se aproximar mais sempre me afastava,e olha como as coisas mudam eu,hoje estava no quarto dele,na cama dele.Ele me olha exitante e pergunta se tenho certeza do que quero,penso por instantes mesmo não tendo nada para pensar,ele passava seus olhos pelo meu corpo,não sentia vergonha,porque teria vergonha de ter um corpo de dar inveja? Confesso que meu dom herdado ajudava e muito. –É oque mais quero nesse momento Damon!-falo baixinho em seu ouvido e mordo o lóbulo de sua orelha,pela primeira vez estava com um homem depois de Federico mesmo depois de quatro anos,e olha só que ironia esse homem era o melhor amigo dele,o ex da minha melhor amiga,afasto todos os pensamentos que poderiam atrapalhar aquele momento maravilhoso,ele sorri e solta um ok super ...hum sexy e fofo.Ele morde o lábio inferior olho bem para ele,Damon chega mais próximo e diz que não se responsabilizaria pelo que acontece um breve pensamento passou pela minha cabeça mais logo se afastou.-Ai okay,agora cala a boca...-falo pra ele que começa a passar a mão pelo meu rosto –E me beija logo! –falo enquanto ele se aproxima mais,e então o beijo que ele esperava a tantos anos atras acontece,ele começa lento e sem graça mais depois acaba ficando melhor e mais quente como o uísque de fogo que ele havia consumido.Ele passa as mãos pelo meu corpo definido parando na cintura fina,a qual ele aperta,seguro seus cabelos com força enquanto o beijo prossegue,paro por um instante então a voz de Damon entra pelos meus ouvidos dizendo que era tarde de mais para desistir –E quem disse que eu quero desistir?! –falo e dou um sorriso sarcástico como o dele,voltamos ao beijo que esquenta cada vez mais,daqui a pouco a coisa pegaria fogo.Sinto quando ele abre o zíper do meu vestido,não queria pensar daquele jeito mais estava sendo bem melhor de que com Federico.Se dependesse de mim aquilo não iria parar de jeito nenhum,desboto-ou sua camisa,enquanto ele ri para mim e volta a me beijar descendo o beijo para o pescoço oque faz com que um arrepio suba pelo meu corpo.Ele me leva para seu colo enquanto nos beijamos,nossas linguás sendo conduzidas como em uma dança de salão,nos deitamos com cuidado,na cama então oque temia acontece,a magica,por assim dizendo.A noite foi maravilhosa mais agora sonhava com uma coisa estranha,eu usava um vestido maravilhoso de noiva e Damon um terno,sinto meus lábios abrir um sorriso no sono.Acordo depois,para mim parecia ter passado dias,minha cabeça doía quando acordei deitada no peitoral definido de Damon,acordo com um sorriso no rosto apesar da enxaqueca,ele pergunta se deve dizer bom dia,dou um sorriso ainda maior,então ele me beija novamente,me sento ao seu lado e fico acariciando seus cabelos –Ai sua cabeça ta doendo?-pergunto,ele sorri e se levanta,olho para ele e não deixo de rir e morder o lábio inferior,ele se vira e si também,queria elogia-lo por aquele corpo mais permaneço calada e apenas penso “Que homem! Kath não sabe oque perdeu!” ,ele joga um frasco para mim com alguma coisa vermelha –Oque é isso? –pergunto enquanto abro e bebo ,ele explica que é um cura ressaca –Humm preciso mesmo disso!-falo com um sorriso,ele se senta novamente na cama ,devolvo o frasquinho e ele coloca de lado.So então volto ao mundo e me ligo que dormi fora de casa, e que minha filha devia estar sentindo minha falta.-Por Merlin quantas horas? –pergunto preocupada,Damon aponta para o relógio de parede,levanto desesperada,ele diz que ainda é nove da manha e que é sábado –Mais acontece que minha filha não desaparece aos sábados!-falo –Graças a Merlin!-completo-Mais enfim tenho compromissos com ela,jurei que iriamos assitir o filme da frozen pela centésima vez! –falo –Ela diz ser a Ana e eu a Elsa! –falo,ele sorri e ergue a sobrancelha –Aquela linda! –percebo que Damon não sorriu por dizer das personagens e sim pois estou de roupas intimas,coloco a mão na cintura e olho para ele,mandando um beijo com a outra,depois recolho minhas coisas e me visto.-Pronto !-falo depois de vestida,ele se levanta aproximando e pergunta se já vou –Poise já !-falo mordendo o lábio ,ele diz que poderíamos aproveitar mais,olho para ele fingindo pensar apesar de saber a resposta –Não Damon é serio preciso mesmo ir!-falo,ele se aproxima segurando em minha cintura e me dando outro beijo,depois chega perto de meu ouvido e diz que seu quarto esta sempre aberto para mim. –Humm seu safado!-falo mordendo-o no lábio,ele chega um pouco para trás –Ve se não morre de saudade ta?!-falo mandando um beijo novamente então aparato para casa.


Surprise!:
 







Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Quarto de Damon (Segundo andar)   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Quarto de Damon (Segundo andar)
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Quarto de Morgana (Segundo andar)
» Teoria-Quarto Haki(tem spoilers)
» Andar em 8 Direções
» Damon Salvatore assamita AT(Nova ficha)
» Quarto do Orion

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Harry Potter Rpg Bruxo :: Mansão Brauner :: Andares-
Ir para: